Amigo da VEZ


Amizade (do latim amicus; amigo, que possivelmente se derivou de amore; amar, ainda que se diga também que a palavra provém do grego) é uma relação afetiva entre duas pessoas. Em sentido amplo, é um relacionamento humano que envolve o conhecimento mútuo e a afeição, além de lealdade ao ponto de colocarmos os interesses do outro à frente do nosso próprio interesse. Na maioria das vezes os interesses dos amigos são parecidos e demonstram um senso de cooperação. Mas também há pessoas que não necessariamente se interessam pelo mesmo tema, mas gostam de partilhar momentos juntos, pela companhia e amizade do outro, mesmo que a atividade não seja a de sua preferência.
E o que falar dos amigos virtuais, bom …. eles são reais em sua presença diuturna em nossas vidas, nos proporcionando ensinamentos, ajudando-nos a nos tornarmos seres humanos melhores. São reais na medida em que nos incentivam em nosso processo contínuo de aperfeiçoamento moral, com a difusão de palavras em mensagens que nos conduzem a preciosos momentos de reflexão. São reais, porque vivenciam conosco momentos reais de felicidade.

Quando surgiu a internet todos sabemos que abriram-se infinitas possibilidades de interação entre as pessoas. Primeiro o MSN, depois o Orkut, mas foi no Twitter, que conheci pessoas maravilhosas, que chego a ficar triste se não ler um post deles.
Às vezes a distancia que sabemos que existe desde o início, parece diminuir quando nos demos conta da importância e da essência dessa amizade. Existem momentos que é como se estivéssemos lado a lado, mas na verdade, estamos ligadas por dois computadores e uma rede social, tem dias que não sinto a tarde passar junto com a @Akemiiiiiiiii, o @_VERNER, a @Mannuhh, o @marcos_william, a @ana_carolinaSEP, o @_Jdemetrio. Conversamos sobre tudo, principalmente futebol, tem gente de todo o país (Paraná, Santa Catarina, Brasilia, Goiania, e até a Akemi lá no Japão (na loucura do fuso horário).
Assim como uma ‘amizade comum’, a virtual também tem seus altos e baixos, quando um precisa, dá conselhos ao outro e vice versa. Também tem sua “falta de tempo”, demoramos a aparece no tt e trocarmos algumas palavras, mas sabemos e entendemos como a correria da vida nos faz ficarmos distantes de algumas coisas, inclusive das amizades.
Através deles aprendi que o toque da pele não é essencial para nascer um sentimento de amizade, e que as vezes um amigo virtual é mais próximo da gente do que um amigo que é nosso vizinho



0 comentários:

Cantinho da Li Copyright © 2013