Penelope Charminho


 A personagem mais charmosa e encantadora de todos os tempos acaba de ganhar a sua versão infantil:
Penelope Charminho. A nova marca – resultado de um amplo investimento da Warner Bros. Consumer Produts (WBCP) – será lançada com exclusividade no Brasil para o público toddler feminino (2 a 5 anos de idade). “Os surpreendentes resultados com a Penelope Charmosa no País e sua grande capacidade de transitar por vários targets nos levaram a encomendar uma pesquisa de mercado para analisar a possibilidade de expansão da marca.  “A Penelope Charmosa sempre se destacou no mercado brasileiro com uma linha de produtos muito bem-aceita pelos consumidores, com bom desempenho de vendas e presença constante na TV. Acreditamos que o mesmo sucesso será registrado com a Charminho e, para impulsionar esse novo momento da marca, estamos investindo em uma série de ações e campanhas nas mídias sociais, no varejo e em eventos, que visam tornar a propriedade ainda mais forte comercialmente”, acrescenta Bandeira de Mello. 


Sobre a Penelope Charminho
Penelope Charminho é filha de um corredor famoso, que sempre ganhou muitas provas e corria ao redor do mundo. Sua mãe era uma jornalista de moda também muito reconhecida, rodava o mundo para acompanhar e fazer cobertura de desfiles. Seus pais se conheceram em uma dessas viagens, apaixonaram-se e casaram. O pai dela gostava muito de velocidade e era um galã. A mãe dela era muito bonita e extremamente vaidosa. A família Pitstop era uma família rica e os três viajavam muito por conta das corridas e desfiles, por isso Penelope Charminho ganhou de seus pais um cachorrinho, ao qual ela deu o nome de Pitstop, para lhe fazer companhia em suas brincadeiras e aventuras. Ela era muito apegada ao seu pai, que foi quem lhe deu o apelido de Charminho – ele dizia que ela era o “Charminho” dele. Ela adorava vê-lo correndo, sempre gostou muito do ambiente das corridas e de aventura, por isso, desde pequena usa alguns acessórios de provas. Quando perdeu seus pais, Penelope passou a ter um tutor (Silvestre Soluço), uma pessoa de caráter duvidoso em quem ela não confiava, o que fez com que a Penelope Charminho, que se tornou Penelope Charmosa, ficasse extremamente independente, sempre tentando não ter muito contato com o tutor. Sua inspiração para se tornar essa pessoa de atitude sempre foram seus pais.

Fonte: Bianca Ferreira e Laís Varella | Ketchum Estratégia | (GC)
Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...